quinta-feira, 9 de julho de 2009

Start



Começar textos não é algo facil pra mim, principalmente quando esse texto abre o recomeço de um grande amor meu, escrever.

Decididamente vi que as férias retomam paixões adormecidas e vontades acomodadas.

Hoje, mechendo no meu orkut, bateu aquela saudade das minhas amadas palavras e da externalização dos meus sentimentos tão verdadeiros, hiperbólicos e surreais.

Nunca deixei de escrever, mas meus textos ficaram guardados em cadernos velhos e em agendas que nunca uso por completo. Ficaram na minha mente, em pré-sonos e pós-orações.

Minha vida mudou bastante desde que exclui meu antigo blog. Senti saudade de desabafar com o teclado, mas me aproximei bastante do casal inseparável papel/caneta.

Cresci mais dois centímetros, engordei mais 2 quilos (não me orgulho disto), li mais três livros (pouco eu sei), ganhei um cunhado, um padrasto e uma madrasta, fiz novos amigos, aprendi novas coisas, tenho novas ideias e criei novas filosofias.

Continuo sonhando muito, falando muito e sorrindo muito eee sem namorado (santa exigência a minha).

Bem, acho que de boas vindas á mim isso basta. Um big abraço.


Foto: André Camargo.
.